O desafio acadêmico

Através de uma parceria, a Secretaria de Educação de Macaé e a UFRJ passaram a buscar juntas uma solução para o problema da evasão escolar, que culminou no surgimento da Escola de Pescadores, hoje Colégio de Pescadores. 

Os índices de evasão tornam-se mais acentuados no segundo segmento do nível fundamental — que coincidem com o período em que os jovens oriundos de famílias de baixa renda precisam começar a colaborar com o orçamento familiar. Seja porque cessam, a partir dos 14 anos, os impedimentos legais para o ingresso no mundo do trabalho; ou seja porque, a essa altura, esses jovens e suas famílias estão prestes a deixar de ser beneficiários de programas de transferência de renda como o “Bolsa-Escola” (aos 15 anos) ou o “Bolsa-Família” (aos 16 anos).

Com essa constatação, foi elaborado o projeto de uma escola que oferecesse formação técnica desde o nível fundamental, em regime de tempo integral; uma escola que oferecesse uma alternativa de qualificação e, até, de estimulo profissionalizante para os jovens alunos desses anos. Dispor dessa alternativa pareceu ser um incentivo a mais para que esses jovens prosseguissem com a vida escolar.

Educação e Trabalho
Metodologia
Perspectivas Pedagógicas

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s